08 março 2010

Dia Internacional da Mulher e o Goleiro Bruno


Se não fosse minha antipatia gratuita ao time do flamengo, eu certamente trataria o Dia Internacional da Mulher, com um outro texto. Contudo, exatamente neste dia, exatamente na única comemoração anual de todas as mulheres, o goleiro Rubro-Negro, expert em assuntos vazios e grotescos, protagozina a capa de um diário carioca, com a frase mais espetacular de sua carreira de bizarrices sociais: QUEM NUNCA SAIU NA MÃO COM A MULHER?


No dia Internacional da Mulher, o goleiro que já foi acusado de bater em mulher, acusado de abandonar garotas grávidas, e fez showzinho com prostitutas em sua fazenda, em Minas Gerais, vem a público fazer a maior de suas "homenagens".


Realmente, quem nunca saiu na mão com a mulher? Quem nunca deu um soco, aliás, um soquinho qualquer na sua forte e corpulenta esposa? Quem não vai agora, buscar na memória, aquele dia casual, em que desferindo golpes impiedosos na "patroa", algumas discussões foram resolvidas?


No Dia Internacional da Mulher, a figura a ser lembrada é do goleiro Bruno. Sensibilidade a flor da pele, romantismo regado ao melhor da música mais baixa do Baile Funk, que frequenta.


Hoje minha homenagem ao Dia Internacional da Mulher, vem a reboque da frase deste grande atleta (sic) burro-negro.


Gostaria mesmo, isso é sincero, ter escrito que a mulher tem um valor inestimável, a vida de toda a sociedade. Gostaria de dizer que elas deveriam ser protegidas das maldades de crápulas de plantão que covardemente entram em salões de cabelereiros para dar tiro nas esposas, que não suportaram mais caminhar com trogloditas profissionais.


Queria demais ter escrito aqui que as mulheres estão cada vez mais ocupando espaços importantes e privilegiados na sociedade.
Que Deus teve uma ideia fantástica e irrepreensível ao criar a mulher.


Que as mulheres de minha vida são fantásticas, extraordinárias, valorosas e dedicadas.


Mas não deu.
O Goleiro Bruno merece todas as minhas homenagens, e admiração, afinal de contas, não é todo o dia que uma frase célebre, sábia e profunda é dita assim, num dia tão especial.


Parabéns a todas as mulheres e meus pêsames a todas que aceitam conviver com homens como o goleiro do flamengo, que acha normal sair na mão com uma mulher.

Um comentário:

Zefa Camisetas disse...

E as coisas só pioraram.
Belo texto.

Bjs, Daniel - SCS - SP