18 agosto 2008

Ai, doces lições das amargas derrotas


Tenho acompanhado os jogos de Pequim com ardoroso fervor olímpico. Torcedor de carteirinha do Brasil e amante de esportes, seja ele qual for, participo ativamente em frente a TV das cenas marcantes das competições.
Fui o único na sala a vibrar com a vitória de Cielo na natação. Juntamente com meu pai vibramos na goleada do Brasil sobre a Alemanha no futebol feminino, e vimos a frustração da Fabiana Murer, no salto com vara, ao ser desclassificada, após a terceira tentativa fracassada de superar os 4m65cm.
Opa, a derrota! Sim, a derrota é dolorosa. Vejam Diego Hypólito. Era ouro! antes de pular no tablado, no final era outro! E Larissa e Ana Paula? no volei de praia. Imagino como deve ter sido difícil para o nadador Thiago Pereira ter ficado em quarto.
As derrotas são amargas. Elas nos põem para baixo. Dificulta nossa caminhada. Na verdade queremos sempre vencer e torcemos para quem gostamos vença também.
Mas a vida não é feita somente de vitórias, se assim fosse ela seria fácil e não aprenderíamos nada com ela. A vida somente com vitórias nos faríamos insuportáveis, porque se todos vencessem não haveria com quem competir, e seríamos gerentes de nós mesmos, heróis de uma batalha só.
Perder, ser derrotado, sofrer um revés na vida é didático. Nos ensina. Embora seja amargo o gosto da derrota, as lições são doces como mel. Adocicam nossa forma de enxergar a vida, de enxergar o outro, de enxergar Deus em todas as circunstâncias.
Ai, doce lições que tiramos nas amargas derrotas da vida. Depois que aprendemos, crescemos. Podemos não ganhar a medalha naquela competição, mas nos tornamos mais maduros para as tantas outras que a vida nos presenteará.
Como você encara as lutas e as derrotas? Como o fim de tudo? Não, não seja tão cruel com você mesmo. Deus nos garante que "há mais aprendizado no luto, do que na festa", diz isso porque Ele sabe, exatamente o que sentimos, quando fracasso bate a nossa porta.
Não é a toa, também, que Ele afirma que "semeamos com lágrimas, para colher com júbilo". Aproveite esta semana para digerir bem suas batalhas, suas lutas, suas guerras, seus entraves, e aprender o máximo que puder. A vida é mais doce quando somos mais maduros para aproveitá-la.

3 comentários:

sheila deolinda disse...

A vida é uma escola ,que não podemos trancar matricula com o passar do tempo vem as derrotas as tristezas as desilusões.O tempo nos faz mais forte , mais seguros o tempo todo DEUS é fiel e está ao nosso lado.
A vida se torna doce,quando realmete vivemos um dia de cada vez,quando valorisamos o tempo que temos aqui na terra a importancia das pequenas coisas.
tudo na vida tem dois lados,felizes da queles que de tudo tira uma lição.
GRAÇA E PAZ!

wellison magalhães disse...

creio nisso tambem, belas palavras.

wellison magalhães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.