05 agosto 2009

O que fazer com a palavra ética?


Se gritar ’pega ladrão’, não fica um, meu irmão. Se gritar ’pega ladrão’ não fica um... (Ary do Cavaco e Bebeto di São João) ou... Tem gente no parlamento com tanto pecado que nem pro inferno iria, e se decidir graça à sua alma nem mesmo o capeta aceitaria. Cristo ia chorar só de ver que o homem se rebelou esquecendo aquilo tudo de bom que o Divino Mestre ensinou (Bezerra da Silva)".


Impressionante como nossos deputados, senadores, ministros, não se cansam de se apresentar como canalhas, calhordas, patifes, inescrupulosos e outras adjetivos pejorativos mais. Deixe aqui ou em qualquer lugar o seu protesto, o seu manifesto, contra tudo que temos visto e ouvido todos os dias nos jornais.


Enquanto crianças morrem com balas perdidas, enquanto grávidas se vão por morte suína, enquanto meninas se prostituem nas praias nordestinas, os patifes de plantão, que ganham mais de cem mil reais por mês para roubarem mais ainda, envergonham a política nacional e enoja a caminhada democrática brasileira. Deixe aqui ou em qualquer lugar o seu protesto, faça como Bezerra da Silva, fique indignado com essa gente que está longe de fazer aquilo que o Mestre ensinou.

Um comentário:

miriam ferreira disse...

Eu que o diga, onde os ladrões estão.rsrsrsrs
Jesus fez questão de nos deixar como exemplo, uma linda história de amor e ética. Pois, sua vida foi pautada sobre estes dois princípios.
Jesus além de ensinar, o sentido do amor e da ética, ainda confiou ao homem este legado.
Sábio Jesus!!!
Burro homem!!! Não entendeu nada!!!
Não consegue enxergar além, envolvido pela ganâcia, perde o que de tão importante Jesus exemplificou e nas Sagradas Escrituras estão registrados.
Estes adjetivos pejorativos, para quem burla as regras deixada pelo Mestre, soam como qualidades. Tontos!!! Não querem se posturar como homens decentes, amanhã vão chorar, pelas contas que terão que acertar com o Altíssimo.
Não quero ser um deles!!!
A lei do retorno, para quem decidiu caminhar pelo caminho do bem, é de alegria. Entretanto, aqueles que pensam que são espertos, arrogantemente traçam seus objetivo e para alcança-los, utilizam-se de meios inescrupulosos, ao fim do percurso, sempre se atrapalham.
"Sejam santos porque eu sou santo."(I Pedro 1.16 NTLH)