02 março 2011

Um prejuízo, triplo! Uma escolha errada.

Acaba de sair a notícia que a menina Lavigna, de 6 anos, foi encontrada morta num motelzinho de 19a categoria, no municipio de Duque de Caxias. Ela foi encontrada morta, sob a cama. Segundo as primeiras notícias, a amante do pai, usando o cadarço da menina, a asfixiou!
Imagine a dor da mãe desta criança morta?
Pois bem, mas quero pensar sobre o pai, nem me importa a amante, agora, ela, a polícia vai cuidar, e provavelmente terá na justiça, o resultado de seus atos. Quem sabe lá dentro, Deus use pessoas para mudar o coração desta mulher.
Mas e o pai? Perdeu a filha, perdeu a família, perdeu o respeito.
Ele não matou a menina, mas se não tivesse esse relacionamento espúrio e apodrecido, poderia curtir hoje o carinho e o sorriso da filha; Poderia ainda ter o convívio amoroso e apaixonado da mulher. Mas não, ele preferiu o errado, o escuso, o contrário.
O resultado do seu caso com uma desequilibrada (diga-se de passagem, que escolha!), vai ser enterrada amanhã, provavelmente. INfelizmente, o pai enterrou tudo que tinha, quando fez a escolha errada!

Um comentário:

Fred Miguel disse...

"Descobri que muito mais amarga que a morte é mulher que serve de laço, cujo coração é uma armadilha e cujas mãos são correntes. O homem que agrada a Deus escapará dela, mas o pecador ela apanhará." (Ec.7:26).

Pastor e demais leitores, depois de meditar nesse versículo, o que mais é preciso para que vejamos quão importante é a escolha da pessoa com quem nos casaremos, teremos filhos... Vale a pena viver como a um animal, sem qualquer reflexão sobre a vida? Que Deus console o coração desse pai e que ele encontre os Caminhos do SENHOR.