22 fevereiro 2009

Uma contribuição sobre "O carnaval"


O texto foi enviado pelo pastor Lécio Dornas, e vale a pena lê-lo:


“Atrás do Trio Elétrico só não vai quem já morreu”


Embora o nome “trio elétrico” só tenha começado a ser usado em 1951, todos concordam que a história do famoso carro de som remete a cerca de um ano antes, com Dodô e Osmar em cima de um Ford Bigode 1929 restaurado para esse fim, saindo pelas ruas do centro de Salvador, arrastando o povo.
Mas foi na década de 70 que Caetano Veloso ´eternizou´ o Trio com a canção “Atrás do trio elétrico”. Quase todo mundo conhece o refrão transcrito acima... porém arrisco afirmar também que quase todo mundo desconhece o último verso dessa cantiga:
“Nem quero saber se o diabo nasceu foi na Bahia, foi na Bahia O trio eletro-sol rompeu no meio-dia mo meio-dia”
Mesmo sem ter plena consciência, Caetano acertou em cheio... Mas na primeira linha:
“Atrás do Trio Elétrico só não vai quem já morreu.”
Basta que nos lembremos das palavras de Paulo em sua carta aos Gálatas ( 6:14 ), onde expõe com clareza a realidade do nascido de novo, como sendo alguém que, de fato, já morreu... Para o mundo. Tendo morrido para o mundo, a pessoa convertida, não sente mais prazer em muitas coisas que antes enchiam de significado sua vida; quem nasce de novo tem sua vida re-significada. Veja o texto de Paulo:
“Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo.” ( grifo meu )
Sendo assim, a gente não precisa ir atrás um trio elétrico, pois morremos. E porque revivemos em Cristo, com nossa vida tendo sido re-significada, nossa alegria não se fundamenta mais em momentos de euforia ou de estravasamento. Temos em nós a verdadeira alegria!
Assim, como já morremos ( para o mundo ), não vamos atrás do Trio Elétrico. E como já renascemos ( para Deus ), seguimos a trilha do Reino de Deus, o qual “...não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.” ( Romanos 14:17 ).
E nós sabemos que o diabo não nasceu na Bahia... embora saibamos que ele tem crescido muito aqui, como em muitas partes do mundo. Mas também sabemos que os seus dias já estão contados ( Apocalipse 20:1-6 ).
Desta forma, podemos fazer coro com as palavras de Paulo e declarar que para nós o viver é Cristo e o morrer é lucro ( Filipenses 1:21 ).
L.D.

Um comentário:

emilcesp disse...

Amém, Pastor!

Eu já fui atrás do Trio Elétrico, mas depois que morri, sou mais feliz!!! Graças a Deus!

Um abraço.